Governo Federal vai pedir ressarcimento de valores recebidos indevidamente do Bolsa Família

O Governo Federal anunciou que mais de 5.000 famílias de todo país devem devolver valores recebidos de forma indevida do Bolsa Família.

Estas famílias já não recebem há meses e como não pediram sua reinclusão no programa caracteriza-se que houve algum tipo de fraude, já que a renda per capita familiar era mais de R$ 2.000,00, além de possuírem carros de luxo, casas com piscina entre outros.

Ressaltamos que os técnicos que realizaram a inscrição, não puderam identificar a renda destas famílias no ato da entrevista, já que houve algum tipo de omissão por parte delas.

A família que for notificada, terá de apresentar em 30 dias para o Ministério da Cidadania, recurso se concorda ou não com a devolução do dinheiro.

Se conhece alguém que recebe e não precisa do Bolsa Família denuncie aqui.

Governo Federal confirma o pagamento do 13° do Bolsa Família



O Bolsa Família terá abono no mês de dezembro, ou seja, será uma espécie de 13º aumentando o poder de compra da família. Veja mais informações abaixo:

Quem vai receber?
Todas as famílias beneficiárias do PBF presentes na folha de dezembro de 2019, com benefícios liberados.

Isso significa que as famílias beneficiárias com benefícios do PBF bloqueados, suspensos ou cancelados em dezembro de 2019 não terão direito ao Abono Natalino.

Qual o valor?

O Abono Natalino terá o mesmo valor da parcela de dezembro de 2019 que a família beneficiária tem direito naquele mês.
Isso significa que, no total, as famílias beneficiárias do PBF receberão o valor de dezembro em dobro.

Quando será pago?

O Abono Natalino seguirá o Calendário de Pagamentos do Programa Bolsa Família que, em dezembro, pagará os benefícios entre os dias 10 e 23 de dezembro de 2019, conforme o final de NIS do Responsável Familiar.

Como a família poderá retirar?

O Abono Natalino será pago juntamente com o benefício do Programa Bolsa Família. Por isso, ele poderá ser sacado com o Cartão Bolsa Família, Cartão Cidadão ou guia de pagamento, caso a família não possua cartão.

O saque poderá ser realizado nas lotéricas, CAIXA AQUI, caixas eletrônicos ou agências da CAIXA.

Secretaria de Assistência Social realiza nova concocação do PEAD


A Secretaria de Assistência Social realizou hoje, 14/10, nova convocação do Programa Emergencial de Auxílio ao Desempregado (PEAD).

Segundo a coordenação do programa, foram convocados 24 novos bolsistas que participaram de uma dinâmica de grupo e uma breve orientação sobre o funcionamento do programa.

Para participar do PEAD a família deve estar inscrita no Cadastro Único e agendar entrevista social no CRAS de referência.

BOLSA FAMÍLIA INFORMA - Folha de pagamento e novos beneficiários de OUTUBRO 2019


A Secretaria de Assistência Social, por meio da Gestão CadÚnico, divulga a lista de beneficiários do Bolsa Família referente a outubro de 2019. Clique nos links abaixo:

Secretaria de Assistência Social entrega novas camisetas aos Bolsistas do PEAD


A Secretaria de Assistência Social, por meio da coordenação do PEAD, entregou novas camisetas aos bolsistas do Programa Emergencial de Auxílio ao Desempregado (PEAD).

Estas camisetas, além de proporcionar economia aos bolsistas, identifica e padroniza os uniformes dos beneficiários do programa. 

Lembramos que para participar do PEAD a família deve estar inscrita no Cadastro Único, possuir renda de até 1/3 do salário mínimo e agendar entrevista social no CRAS mais próximo à sua residência.

Secretaria de Assistência Social forma turma de Confeitaria Artística


No dia 03 de outubro de 2019, a secretaria de Assistência Social formou a primeira Turma Curso de Confeitaria Artística: cupcakes, bolos para café  e recheios.

O curso também ofereceu aula básica de empreendedorismo, precificação dos produtos, dicas de melhores ingredientes.

Foi perceptível o interesse dos alunos pelo curso. Importante destacar que uma das alunas relatou que já está produzindo cupcakes, tendo vendido toda produção num único final de semana.

O curso para os bolsistas têm como objetivo criar autonomia financeira, geração de renda e abrir possibilidades no mercado alimentício.

VIVA LEITE - Lista de elegíveis outubro 2019


O Projeto Viva Leite, do estado de São Paulo, é o maior programa de distribuição gratuita de leite pasteurizado do Brasil. Para participar, a  família deve estar inscrita no Cadastro Único, possuir na composição familiar crianças de 06 meses até 5 anos e 11 meses de idade e ter renda de no máximo 1/4 do salário mínimo.

Portanto, divulgaremos a partir deste mês, as famílias elegíveis ao programa que devem agendar entrevista social no Cras de referência até dia 21/10, a fim de demonstrar interesse em participar e cumprir as condicionalidades previstas.




Secretaria de Assistência Social aumenta os valores do PEAD e Renda Mínima


A Secretaria de Assistência Social divulga os novos valores dos programas sociais Programa Emergencial de Auxílio ao Desempregado (PEAD) e Renda Mínima a partir deste mês (setembro).

- PEAD - de R$ 709,00 para R$ 735,74.
- Renda Mínima - de R$ 76,50 para R$ 79,39.

Lembramos que para ter acesso a estes benefícios a família deve fazer inscrição no Cadastro Único, possuir renda de até 1/3 do salário mínimo e aguardar vaga conforme entrevista social no CRAS.

BOLSA FAMÍLIA INFORMA - Beneficiários com parcelas de JUNHO 2019 liberadas


A Secretaria de Assistência Social, por meio da Gestão CadÚnico, divulga a lista das famílias que possuem benefício de JUNHO liberadas para recebimento até 25/09. Acesse: Parcelas Disponíveis.

Agendamentos no Cadastro Único serão avisados por meio do Telegram


As pessoas que possuem uma conta no aplicativo de mensagens Telegram poderão ser avisadas um dia antes do seu agendamento. A medida deve reduzir o número de faltas no setor do Cadastro Único. 

Após o agendamento, basta mandar uma mensagem qualquer para @cadunicopinda, que um dia antes da realização do seu cadastro, você será notificado, podendo inclusive solicitar alteração de data.

Aplicativo Meu CadÚnico mostra informações do seu cadastro e muito mais


O aplicativo Meu CadÚnico mostra informações sobre seu cadastro, NIS, Cras mais próximo e muito mais. Baixe na loja de aplicativo de seu smartphone!

Dúvida: O Bolsa Família faz empréstimos?


O Bolsa Família não faz empréstimos. Apenas alguns bancos parceiros realizam microcréditos do Plano Progredir para você iniciar ou aumentar seu empreendimento. Mais informações acesse: http://mds.gov.br/assuntos/progredir/fortaleca-seu-negocio.

Dúvida: Qual o valor do 13º do Bolsa Família e quando ele será pago?


O valor será igual ao que você recebe mensalmente. Exemplo: Se você recebe R$ 82,00 receberá outra parcela do mesmo valor. O pagamento ocorrerá em dezembro conforme o calendário da Caixa de acordo com o final do seu NIS.

Dúvida: Perco o Bolsa Família se conseguir trabalho registrado por um mês?


Você não perde o Bolsa Família se arrumar trabalho registrado por um mês. O sistema calcula a menor renda dos últimos 12 meses e continua a pagar seu benefício. Contudo, o responsável familiar deve procurar a gestão para informar essa alteração na renda familiar.

Secretaria de Assistência Social inicia busca ativa das famílias que recebem BPC


No último sábado, 24, a Secretaria de Assistência social iniciou a busca ativa de famílias que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada). Técnicos dos CRAS e CadÚnico realizaram visita domiciliar para as famílias que ainda não possuem o Cadastro Único.

Lembramos que a inscrição no CadÚnico se tornou obrigatória para a manutenção do BPC. Nos próximos sábados, haverá continuidade nos trabalhos às famílias beneficiárias.

Frequência escolar é requisito para o Bolsa Família


Para ficar em dia com o Bolsa Família atente para o compromisso na área da educação:

- Crianças de 06 a 15 anos - frequência escolar mínima de 85%;
- Adolescentes de 16 a 17 anos - frequência escolar mínima de 75%.

BOLSA FAMÍLIA INFORMA - Beneficiários com parcelas de MAIO 2019 liberadas

A Secretaria de Assistência Social, por meio da Gestão CadÚnico, divulga a lista das famílias que possuem benefício de MAIO a receber até o dia 28/08. Acesse: Parcelas Disponíveis.

BOLSA FAMÍLIA INFORMA - Folha de pagamento e novos beneficiários de agosto 2019


A Secretaria de Assistência Social, por meio da Gestão do Cadastro Único, divulga a folha de pagamento e os novos beneficiários do Bolsa Família do mês de agosto de 2019. Acesse pelos links abaixo:

Quais o valores do Programa Bolsa Família?


O valor total recebido depende da renda e da composição familiar. Isto é, o sistema analisa qual é a renda mensal por pessoa e se existem crianças, adolescentes, mulheres grávidas ou que estão amamentando. A partir dessas informações, é feito o cálculo do benefício.

Ex.: Se uma família é composta de 3 membros (mãe, pai e filho de 5 anos) com renda per capita de R$ 100,00 terá direito ao benefício variável no valor de R$ 41,00.

Veja abaixo os valores:
- Benefício Básico: R$ 89,00; 
- Benefício Variável: R$ 41,00; 
- Benefício Variável Jovem: R$ 48,00. 

Caso sua renda tenha diminuído ou está totalmente sem renda, agende um horário e peça revisão do seu benefício.

Qual a renda máxima para ter direito ao Bolsa Família?


Para ter direito ao Bolsa Família a renda familiar deve seguir os requisitos abaixo:

- Famílias extremamente pobres: Até R$ 89,00 per capita;
 Família pobres: De R$ 89,01 a R$ 178,00 per capita desde que possua crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

Para calcular a renda per capita, basta somar toda renda familiar e dividir pelo número de membros.

Ex.: Na casa moram Maria (mãe), João (pai), Jéssica (filha de 10 anos) e Miguel (filho de 2 anos). Somente João trabalha como autônomo e ganha por mês cerca de R$ 400,00. 

Renda per capita → R$ 400,00 / 4 pessoas = R$ 100,00 

Logo, a família terá direito ao Bolsa Família, pois é considerada uma família pobre.

Conheça o Desligamento Voluntário do Programa Bolsa Família



Se você não precisa mais do Bolsa Família solicite o Desligamento Voluntário.

Como funciona? 
A família deve procurar nosso posto de cadastramento e fazer o pedido do desligamento. Não precisa nem agendar. 

Existe alguma vantagem?
Sim. Além de abrir vaga a quem precisa do benefício, o desligamento voluntário permite que a família retorne ao Bolsa Família, caso fique desempregada num período de até 36 meses após o desligamento. 

Devo entregar o cartão para ao Gestor Municipal após o desligamento? 
Em hipótese nenhuma o responsável deve entregar o cartão para alguém da Prefeitura. Lembre-se: o cartão é pessoal e intransferível.

Bolsa Família é um complemento de renda


O Programa Bolsa Família é um complemento de renda, ou seja, ter a carteira de trabalho assinada ou qualquer outra fonte de renda (como aposentadoria) não impede a família de receber o Bolsa Família, desde que as regras do programa sejam cumpridas. 

Por isso, caso alguém da família consiga trabalho registrado ou aposentadoria, o responsável familiar deve atualizar os dados cadastrais e, então, o sistema irá calcular se a família continua no perfil deste benefício.

Cadastro Único completa 18 anos


O Cadastro Único completou esta semana (24), 18 anos de existência. A ferramenta garante acesso a mais de 20 benefícios socioassistenciais.

Podem se inscrever nele:
- famílias com renda per capita de 1/2 salário mínimo por pessoa; ou
- famílias com renda mensal de até 3 salários mínimos.

Eventualmente, famílias com renda maior também podem se inscrever, desde que estejam vinculadas a algum programa ou serviço no âmbito da assistência social. Agende uma entrevista conosco!