Recadastramento do Programa Bolsa Família 2015

Uma das condições para que os beneficiários continuem recebendo benefício do Programa Bolsa Família é a chamada Revisão Cadastral obrigatória.

Anualmente, a Gestão Municipal realizada a chamada de cerca de 2.000 famílias por meio de aerogramas, visitas domiciliares e publicações na mídia (rádio, TV, internet etc).



Com essa verificação, identificamos a condição socioeconômica familiar e percebemos que muitas destas, melhoram sua condição de vida e saem do programa dando oportunidade à outras, ou seja, quem realmente precisa do benefício.

Outra possibilidade de atualização cadastral, o qual já citamos aqui no blogé o Desligamento Voluntário. Clique aqui para rever este artigo.

Vale lembrar que a atualização obrigatória deve ser realizada por todas famílias inscritas no benefício conforme a seguinte determinação: a cada 02 anos ou de imediato quando houver alteração de endereço, renda e composição familiar.


Dessa forma, lembramos que o nome do beneficiário pode não estar na relação de 2015, mas sim, em 2016 e assim por diante.

Portanto, manteremos um link permanente para acesso à lista de Revisão Cadastral do lado direito superior do blog afim da família consultar a data, hora e local do recadastramento. E periodicamente, iremos atualizá-la para consulta, além dos aerogramas que serão enviados e visitas domiciliares previstas.

Acesse e veja se você está na lista parcialRecadastramento Programa Bolsa Família 2015.

Atenção! Para atualização, são necessários os seguintes documento originais de todos os membros familiares:
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • RG, CPF, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho;
  • Conta de água e de luz atuais; 
  • CEP correto da rua, avenida, estrada etc;
  • Declaração escolar (6 a 17 anos);
  • Último holerite, caso esteja trabalhando;
  • Comprovante (Aposentadoria/Pensão, BPC, Auxílio-doença, etc), se for o caso;
  • Cartão Cidadão ou Bolsa Família, caso possua;