Vale relembrar: Cadastro Único garante isenção de taxas para Concursos Públicos Federais

Imagem: MDSA

O Cadastro Único garante vários benefícios sociais, dentre eles, a isenção de taxa para Concursos Públicos Federais. Os interessados a ingressar no serviço público podem realizar concursos como do Ministério do Trabalho, Banco do Brasil, Petrobras, INSS entre outros sem precisar pagar suas taxas.

Quem tem direito?
Antes de mais nada, o candidato deve se inscrever no Cadastro Único e sua renda per capita deve ser de meio salário mínimo ou até três salários mínimos por família. 

Como solicitar a isenção?
O candidato deverá ler na íntegra o edital do concurso e verificar se a instituição assegura tal benefício. A partir daí, deve apresentar os seguintes dados ao órgão executor do concurso: nome completo, NIS, data de nascimento, número da identidade, data de expedição do RG, órgão expedidor do RG, CPF, nome da mãe e comprovante do Cadastro Único que pertence à baixa renda.

Como consultar o deferimento ou indeferimento da isenção?
Após a análise da entidade responsável pelo concurso, o candidato acessa o site do SISTAC, preenche seus dados no link "Consulta de Candidatos Selecionados" e verifica a situação da concessão.

A Gestão do Cadastro Único de Pindamonhangaba iniciou diálogos com vereadores e o jurídico da prefeitura, a fim de garantir este benefício também nos concursos municipais. 

Atenção! Para usufruir deste benefício o candidato deverá realizar o Cadastro Único com antecedência mínima de 45 dias do concurso.